COMO?!

Já estou a aprender neste debate: uma coisa é uma vida humana outra coisa é uma pessoa humana. Como é que se chama este médico? Sendo assim uma coisa é uma vida animal, outra coisa é um animal. Isto vai bonito...

Comentários:
Caro Jorge, este médico é tão só membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. Tente não se envergonhar com as alarvidades que vai ouvir sair da boca deste senhor.
 
Tomei a devida nota Jorge.
 
Nunca ouviu falar de células? Ou órgãos, por exemplo? Também têm direito a ser protegidos de per se?
 
Viaje, depressa, até à Almedina mais perto de si e finja que estava com febre alta quando escreveu esta tolice.
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 
claro que há diferença, há quem tenha vida humana e faça tanta merda que acaba por não ser possível qualificá-la como uma pessoa... algumas tiveram intervenção... a teté, p exº...
 





blogue do não