Revista De Imprensa (19)

Comentários:
Depois do que aconteceu ontem no congresso do Partido Socialista, pelas vozes de Manuel Alegre e Helena Roseta, e tendo em conta o apoio das bases do partido, o sim à IVG tem (na pior das hipóteses) 75% de hipóteses de ganhar (e não falo em sondagens). explicando...

Vejamos, existem 4 possíveis resultados deste referendo e (com o que acima refiro) 2 hipóteses, a ver:

1. Vitória do sim e referendo vinculativo = IVG aprovada

2. Vitória do sim e referendo não vinculativo = votação na assembleia = IVG aprovada

3. Vitória do não e referendo não vinculativo = votação na assembleia = IVG aprovada

4. Vitória do não e referendo vinculativo = IVG não aprovada

Ou seja, apenas com uma abstenção inferior a 50% do referendo é que a IVG tem hipóteses de não ser aprovada, e mesmo nesse caso as sondagens vão em sentido contrário.

Pessoalmente, e embora defenda o sim, gostaria que a mesma fosse aprovada por referendo, principalmente após uma votação já ocorrida na assembleia da república e os valores já gastos (ou a gastar) em dois referendos...
 
Convido os amigos a lerem o meu artigo "Aborto: liberdade ou tirania?", publicado em meu blog Família de Nazaré ( www.familianazare.blogspot.com ).
 





blogue do não