REBELO (A OUTRA)

Esteve ontem muito nervosa, não fazendo jus às esperanças que o Sim nela depositava. Eles sabem que o debate não lhe correu bem. Essa conclusão esteve bem patente no ar cabisbaixo com que o Daniel Oliveira e a fernanda câncio abandonaram a Casa do Artista.

Comentários:
Já falei pessoalmente com imensos indecisos que, depois de verem o programa, afirmaram sem dúvidas que irão votar Não. Fiquei obviamente satisfeito, creio que foi efectivamente esclarecedor. Percebeu-se que há outras formas que não o radicalismo liberal de mudar a lei actual.
 
o desespero do partidários do "sim" já não é dissimulável..vejam mais esta:
Cartaz pelo 'sim' com logotipo do IPJ suscita queixa à CNE
O movimento "Aborto a pedido? Não!" entregou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) sobre o aparente apoio do Instituto Português da Juventude (IPJ) a um cartaz que apela ao "sim" no referendo de domingo.
( 20:54 / 06 de Fevereiro 07 )

Na queixa, entregue segunda-feira na CNE, o movimento "Aborto a pedido? Não!" solicita «um pedido de esclarecimento relativamente à participação de Organismos do Estado na campanha actualmente em curso».

Em causa está um cartaz colocado em «numerosos locais públicos» de Coimbra com a frase «sou mulher, tenho direito a uma saúde sexual responsável e produtiva» e com o logótipo da associação de defesa dos direitos sexuais denominada "Não te prives" e, no canto inferior direito, o logótipo do IPJ com a menção "apoio: IPJ".

«Na medida em que o IPJ é um Instituto Público, e a mensagem veiculada é um incontestável e claríssimo apelo ao voto no SIM, estamos em crer que os factos de que damos conta consubstanciam uma flagrante violação dos deveres de neutralidade e imparcialidade exigíveis aos órgãos do Estado», afirmam os representantes do movimento "Aborto a pedido? Não!" na queixa dirigida à CNE. in, tsf.pt
 
Marta Rebelo foi - neste Prós e Contras - um pouco uma "second best" do que fora Lídia Jorge no anterior. Não só pelo conteúdo ( fraquinho, fraquinho) mas sobretudo pela forma, fazendo lembrar uma aluna excitada numa reunião da Associação de Estudantes.
 
Se o não ganhar deve-se respeitar o voto dos portugueses e não ir depois àassembleia mudar a lei, se fosse para mudar a lei na assembleia para qu~e o referendo ?
 
Repito o que disse já há uns dias sobre um post aqui deste blog (que, surpreendentemente, foi retirado logo após):

muito gostam vocês destas guerrinhas vazias entre personalidades do SIM e do NÃO. Como se isso tivesse sequer remoto interesse para questão que está em causa neste referendo.

Seja como for, e já que gostam de deitar conversa fora, além de juridicamente mais sólida, a Marta Rebelo é bem, mas bem mais gira que a vossa Assunção...
 
Bem eu achei a laurinda alves bastante acabrunhada e o manuel antunes um pouco pálido e contrariado.

.. Achei a rosário muitíssimo abatida e cansada e a cristas não me convenceu por aí além , sobretudo qunao ouviu calada uma liçãozita de direito constitucional.
 
devia ter vergonha, a senhora professora de direito... encheu, ouviu e calou. e só não foi para casa chorar de raiva porque tinha as câmaras em cima. mas que lhe deve ter custado manter o sorriso pepsodent... isso deve!
 
Estaremos a falar do mesmo Prós e Contras? Aquele de ontem, na RTP1, em que a bancada do Sim - que parece ter comecado mais ou menos na desportiva - terminou exibindo caras tristes e semblantes carregados?
Concordo...Rosário Carneiro, Manuel Antunes, Nuno Lobo Antunes, Pinto Leite estavam com um ar cansado.
É que sabem, é tudo gente que trabalha muito.
Mas de facto esta questão não é relevante, porque tal como a vida não se mede aos palmos, este referendo também não se ganha com caras larocas. Por isso Imc, não perca tempo com apreciações de quem é mais giro que quem - porque além de extremamente liceal, vulgo infantil - os tempos não se prestam a essas coisas.
 
Eu não acho, de facto, relevante, estava apenas a parodiar o tom "social" do post do Rui, que tem tudo menos interesse para a discussão do referendo. Parece que há gente que faz questão em não entender estas pequenas nuances, gente demasiadamente literal... Mas deles é o reino de deus....
 
Se o não ganhar deve-se respeitar o voto dos portugueses e não ir depois àassembleia mudar a lei, se fosse para mudar a lei na assembleia para qu~e o referendo ?

Caro Pedro Farinha,

A pergunta do referendo não é se os portugueses querem ou não mudar a actual lei. Isso são demagogias "socráticas" que revelam despotismo, arrogância e imbecilismo!

A pergunta do Referendo é se queremos alterar a actual lei por outra com os fundamentos que nos são apresentados.

O NÃO é muito lato e junta todos aqueles que não acreditam nos fundamentos propostos para uma nova lei, não chegando a pôr em causa que a actual deva ser alterada.

Quanto à pergunta "para quê o Referendo"... tirando os acérrimos partidários do sim, acho que os demais (os do NÃO e os indecisos) não cessam de se fazer essa pergunta!
 
Mais ataques ad hominem. Não vejo um argumento que se aproveite.
 
" Seja como for, e já que gostam de deitar conversa fora, além de juridicamente mais sólida, a Marta Rebelo é bem, mas bem mais gira que a vossa Assunção... " Mas a Drª Marta Rebelo não é assistente de direito na FDL , eu pensava q o único trabalho q ela tinha " by night " era dar aulas de direito::::

Agora é mais gira ou mais feia, mas ela come-se a qt por hora ???
 
Parece que as "demagogias 'socráticas' que revelam despotismo, arrogância e imbecilismo", unidas na pergunta do referendo, foram votadas por maioria na AR, incluindo pelo principal partido da oposição.
 
david rameira, os seus comentários são nojentos!
 
Não esquecer o ar pomposo com q Marcelo Rebelo de Sousa afirmou, há poucos dias, "Este referendo fui eu que o quis"
 
Leia lá o que eu escrevi com olhos de ver. O despotismo, a arrogância e o imbecilismo não estão na pergunta, mas sim no facto do nosso PM ter vindo dizer que assumia o NÃO como sendo algo mais do que um NÃO à pergunta referendada.

Enfim, é isso que está escrito. Quem tiver olhos compreenda!
 
Leia lá o que eu escrevi com olhos de ver. O despotismo, a arrogância e o imbecilismo não estão na pergunta, mas sim no facto do nosso PM ter vindo dizer que assumia o NÃO como sendo algo mais do que um NÃO à pergunta referendada.

Enfim, é isso que está escrito. Quem tiver olhos compreenda!
 
Como SIM convicto tenho de dizer que não confundo as barbaridades do idiota David Cameira com o que os adeptos do NÃO professam nem com a sua postura. Só estranho comentários destes passarem aqui sem qualquer censura...
 
Imc... se fossem censurados existiria um comentário muito parecido ao seu a criticar a censura... (neste caso acho impossível agradar a Gregos e a Troianos)!

Barbaridades vemos e ouvimos nós todos os dias. A seriedade é garantida pela postura que referiu ;)
 
Miguel,
Mas se alguém aqui chamar puta a uma qualquer defensora, mais ou menos destacada, do NÃO, tenho a certeza que aí se acaba a tua simpatia pela liberdade de expressão.
 
eU QUERO AGRADECER A TODOS OS QUE NÃO GOSTAM DE MIM,

A VOSSA PICARDIA SO´ME DÁ MAIS PUJANÇA A CADA DIA !

Devo resaltar que a ordinarice começou da vossa parte e não da minha e já agora obrigado pq são as minhas " idiotices nojentas " que me levam a votar NÃO

Vou tb rezar por vcs um " pai nosso " para que começem a respeitar A VIDA INTRA-UTERINA e cessem de usar um pacato liguajar do estilo " coisa humana ", " saco de carne " e as barbariadade de se dizer q um feto que se mexe e que sente a dor, nao está vivo ou é uma vida sem valor vital
 
(É sempre bonito, David. Sempre bonito mostrar o que vai na alma de cada um. Bem vemos o teor do que o leva a votar Não. Cada um olha para as mulheres como pode.)

Sugiro a quem queira ouvir a Marta herself, e não estas respeitáveis opiniões, que liguem a SIC Radical agora, ela está no Curto Circuito.
 
Não é simpatia... agora mais do que nunca lhe garanto... não é simpatia!

Como na questão do aborto, é um princípio.
 
david, é bom que o Não ganhe, senão a sua mãezinha pode ter ganas de lhe fazer o que devia ter feito há muito tempo...
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
e de ameaças, olhe o crime de ameaças...

AU,AU, AU AU,AU
 
Vejo o Rui Castro, autor deste post, comprometedoramente silenciado quanto à natureza dos comentários bárbaros deste tal de david. Será ele a voz do dono?
 
Marta Rebelo e Lídia Jorge, aparentemente, são exemplos acabados de abortadeiras, com todo o conteúdo que tal palavra possa significar.
Mas é preciso esclarecer que ninguém sabe quem são essas pessoas.
 
Deixem-me perguntar: quem são os artistas? São os que não fazem nada e vivem à nossa custa?
Quem são eles para que o Povo tenha que saber das suas opiniôes?
 





blogue do não