"NULLA POENA"

No Porto, num jantar do PS, António Costa indignou-se com Bagão Félix por este ter dito que a consequência punitiva para quem cometesse o crime de aborto poderia ser o trabalho a favor da comunidade. Uma desumanidade, disse Costa. Acontece que Bagão Félix limitou-se a aproveitar a maravilhosa "ideia" da dra. Edite Estrela - camarada de partido do dr. Costa- que há uns dias disse precisamente o mesmo. O extraordinário disto tudo é tentar maliciosamente fazer passar a ideia de que, com um eventual "milagre do sim" a 11 de Fevereiro, o crime de aborto desaparece de cena. A dra. Edite, por outras palavras, e num "momento de sinceridade Manuel Pinho", confirmou que, passadas as dez semanas e não se verificando nenhuma das excepções legais, há mesmo crime e está prevista uma pena. A diferença entre mim e a dra. Edite e o dr. Bagão Félix, é que eu não defendo a aplicação de pena alguma nestas circunstâncias. Se a todo o mal correspondesse uma pena efectiva, não havia espaço no céu e na terra para os condenados. Por isso, dr. Costa, não assuste demagogicamente os seus camaradas com a treta da "prisão". Até a dra. Edite já percebeu que a coisa não pega.

Comentários:
É inacreditável os argumentos do "sim" em relação ao referendo.
oiça-se por exemplo o que diz a srª. presidente da associação "abraço": "há muitas mães que se não fizerem o aborto ficam com mais uma boca para dar de comer"(...)há mães que pensam se os devem pôr cá fora oou não" (..) o pais devia gostar mais das crianças das pessoas e haver mais interajuda (...) por isso voto Sim".
aos pouco os partidários dlo Sim vão-se revelando...infelizmente, tudo isto com o aval do Primeiro Ministro e seus ajudantes...

se achar por bem isto devia ser publicitado...pode ouvir-se em : http://expresso.clix.pt/Multimedia/Interior.aspx?content_id=376849
 
epá eu acho que nem devem ir a tribunal quanto mais ter uma pena...
vergonha devia ter quem defende isso...do serviço comunitario
 





blogue do não